O Leitor do Comboio

O poder dos livros através da vida das pessoas que eles salvam.

comprar_na_wook

Descrição do Produto

O Leitor do Comboio, de Jean-Paul Didierlaurent

Autor:
ISBN:
Páginas: 190
Preço: € 15,00

Um hino à literatura, às pessoas comuns e à magia do quotidiano.

Funcionário discreto e apagado, Guylain Vignolles dedica os dias de trabalho a alimentar o ventre bojudo e eternamente insatisfeito de uma máquina devoradora de livros. Aos 36 anos, solteiro e bom rapaz, leva uma existência monótona e solitária, contando como únicos amigos um velhote amputado à procura das pernas, um segurança que só sabe exprimir-se em versos alexandrinos e Rouget de Lisle, o peixinho encarnado sempre às voltas no seu aquário redondo.

No comboio da 6h27 para Paris, este homem que, por ironia do destino, tem por incumbência destruir livros, salva diariamente um punhado de páginas dos dentes metálicos da máquina que manuseia. Durante a viagem até à fábrica, lê em voz alta os trechos que escaparam na véspera à voracidade da enorme e ameaçadora máquina trituradora, à qual chama «A Coisa».

A rotina sensaborona do anti-herói desta história muda radicalmente no dia em que, por mero acaso, do banquinho rebatível da carruagem salta uma pen drive que contém o diário de Julie, empregada de limpeza das casas de banho num centro comercial e uma solitária como ele. Esses textos vão fazê-lo pintar o seu mundo de outras cores e escrever uma nova história para a sua vida.

Informação Complementar

«Leitura obrigatória.» L’Express

«O Leitor do Comboio é um romance de leitura obrigatória. O tom é vivo, a parábola, bonita; a mensagem, otimista. Porquê ignorar o prazer da leitura? Uma fábula que faz pensar em Fahrenheit 451, com os homens-livros que resistem ao genocídio literário.» L’ Express

«A ideia original e o tom vivo fazem de O Leitor do Comboio uma obra cheia de encanto. É de saudar esta homenagem à literatura e à leitura.» Lire

«Um belo testemunho da universalidade do amor pelos livros.» Livres Hebdo

«Original e agradável, este livro surpreende pelas personagens singulares que sublimam o quotidiano de poesia. É impossível não gostar do seu pendor marginal, enternecedor e humano.» Le Télégramme

«Jean-Paul Didierlaurent escreveu uma das mais belas declarações de amor à leitura.» La Razón

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O Leitor do Comboio”

Livros Relacionados