Jean-Paul Didierlaurent

Jean-Paul Didierlaurent
Nascido a 2 de março de 1962 em La Bresse, no coração dos Vosgues, Jean-Paul Didierlaurent é romancista e novelista. Após ter estudado Publicidade em Nancy, trabalhou durante algum tempo em Paris, antes de regressar à região que o viu nascer para exercer funções nos serviços de apoio ao cliente de uma empresa telefónica.

Apostado em outros voos, Didierlaurent pediu um mês de licença sem vencimento e dedicou-se de alma e coração à escrita. O Leitor do Comboio é o resultado desse aturado labor. O romance, desde logo considerado um «fenómeno literário» em França, recebeu, entre outros, o Prémio Michel Tournier, o Prémio de Novela da Empresa e do Trabalho, o prémio do Festival de Primeiras Novelas de Chambéry e o Prémio atribuído pelo Salon International du Livre Gourmand, entre numerosas outras distinções. Rapidamente o fenómeno se alargou a outros países, estando a obra já traduzida em 30 países, aguardando-se a adaptação ao cinema. Os seus contos foram duas vezes distinguidos com o International Hemingway Award.