Envelhecer Sem Esquecer?

de

17,00€ 15,30€*

Um livro fundamental sobre o envelhecimento, o fim da memória, o Alzheimer.


PORTES: GRÁTIS DISPONIBILIDADE: Em Stock DESCONTO IMEDIATO DE 10% * DESCONTO VÁLIDO PARA O DIA 27/03/2019 Sobre preços e promoções consulte as nossas Condições Gerais de Venda.
ISBN: 9789897242953 Edição ou reimpressão: Maio de 2016 Páginas: 324 Dimensões: 23.50 x 15.50 x 1.90 cm Peso: 356 Categoria: Temática:

No séc. XXI enfrentamos o envelhecimento de uma forma nunca antes vista – com um olho a controlar o relógio e o outro a vigiar a doença de Alzheimer, diz Jay Ingram, autor do livro. Por muitos considerada a “epidemia” deste século, e embora não seja a única forma de demência, é de todas a mais comum, constituindo cerca de 50% a 70% de todos os casos. 

Ainda que não seja exclusivamente um livro sobre a doença de Alzheimer, Envelhecer sem Esquecer? é sem dúvida uma obra muito importante para todos os que se interessam pelo processo de envelhecimento e pelas doenças que afetam o cérebro. A biologia do envelhecimento, a deterioração da memória, as múltiplas faces da demência e o alzheimer, as causas suspeitas da doença e as fontes de esperança são aprofundados pelo autor ao longo dos vários capítulos dando ao leitor um enquadramento acessível e informativo. 

No capítulo 7 o autor debruça-se sobre o que acontece à medida que o cérebro envelhece naturalmente (sem haver demência) e no seguinte centra-se nos aspetos que caracterizam a doença, nas “placas” e “emaranhados” descritos por Alois Alzheimer, médico alemão que em 1907 descreveu pela primeira vez a doença. Com a sombra da doença a pairar sobre todos, é natural que o autor tenha também estudado a genética subjacente à doença e as principais causas suspeitas de provocarem esta demência, bem como os ensaios clínicos e os tratamentos disponíveis. 

Estão atualmente a ser investigadas várias causas suspeitas da doença de Alzheimer, incluindo fatores ambientais, perturbações bioquímicas e processos imunitários. Embora não seja possível prevenir o seu aparecimento, é já certo que a curcuma é responsável pelas taxas extremamente baixas da doença na Índia. E que consumir grandes quantidades de açúcar possui um efeito negativo.



«Convincente e pormenorizada, esta obra demonstra o otimismo do autor acerca da possibilidade de envelhecermos com uma mente ágil e de se encontrar uma cura eficaz para todos os que sofrem de Alzheimer.» Kirkus

«Uma abordagem profunda que esclarece as complexidades da ciência e do envelhecimento no passado e no presente.» Nature

«Ingram combina uma escrita vigorosa com a análise de factos científicos relevantes e pouco conhecidos.» Booklist