O Inimigo Que Vem do Frio

de

17,00€ 8,50€*

Garry Kasparov, antigo campeão de xadrez, lança alerta mundial.
(…) A tragédia já está a desenrolar-se. As decisões tomadas pelos líderes do mundo livre e pelos eleitores que os escolhem vão decidir quão trágica será. A agressão de Putin e do ISIS apanhou o mundo desprevenido, mas essa desculpa não pode ser usada durante muito mais tempo e ainda não temos um plano de ação. 


PORTES: Sujeito a portes DISPONIBILIDADE: Em Stock DESCONTO IMEDIATO DE 50% * DESCONTO VÁLIDO DE 08/05/2019 ATÉ 29/05/2019 Sobre preços e promoções consulte as nossas Condições Gerais de Venda.
ISBN: 9789897243202 Edição ou reimpressão: Outubro de 2016 Páginas: 328 Dimensões: 23.50 x 15.50 x 2.00 cm Peso: 354 Categoria: Temática:

Desde que abandonou o xadrez profissional para se dedicar à política, Garry Kasparov tem lançado sucessivos alertas sobre os riscos da liderança russa para a paz mundial. Segundo ele, a atual crise democrática na Rússia tem duas histórias: a primeira é a forma como o país passou tão depressa da celebração do fim do Comunismo para a eleição de um oficial do KGB e posteriormente para a invasão dos países vizinhos, e a segunda é como o Ocidente ajudou a que isso acontecesse, através de uma combinação de apatia, ignorância e boa vontade inoportuna.

Para Kasparov, a era dos compromissos chegou ao fim. Se os líderes ocidentais apresentarem uma frente unida e poderosa contra Putin – com sanções económicas, isolamento diplomático e apoio económico e militar aos alvos da Rússia –, será possível constituir uma nova aliança que ponha fim à guerra de Putin e a esta política externa hipócrita.

Fiel ao estilo agressivo que o consagrou como jogador, o autor faz um retrato demolidor da Rússia de Putin e reitera um alerta importante para que os principais líderes deixem de pactuar com o presidente russo.



«Uma escrita rápida, feroz e implacável, à semelhança do seu estilo de jogo. (…) O verdadeiro poder do livro reside no argumento de que o Ocidente deve enveredar por uma política externa mais assertiva e ética.» Financial Times

«Corajoso, mordaz e convincente…. O livro fala sobre o colapso da Rússia e acusa diretamente Vladimir Putin: o ex-agente do KGB é um adversário muito mais perigoso do que se pensa.» The Sunday Times

«Esta obra dá-nos uma imagem real das forças que empurram a Rússia na direção de um autoritarismo agressivo. E é simultaneamente uma denúncia mordaz de como o Ocidente contribuiu para isso.» Wall Street Journal