A Sétima Profecia

de

14,90€ 11,92€*

Que mistérios escondem o calendário Maia e o I Ching? O novo livro da autora do romance histórico O Segredo de Afonso III.


PORTES: Sujeito a portes DISPONIBILIDADE: Em Stock DESCONTO IMEDIATO DE 20% * DESCONTO VÁLIDO PARA O DIA 02/06/2020 Sobre preços e promoções consulte as nossas Condições Gerais de Venda.
ISBN: 9789897240034 Edição ou reimpressão: Páginas: 248 Dimensões: 23.50 x 16.00 x 0.00 cm Peso: 986 Categoria: Temática:

Que mistérios ligam o antigo calendário Maia
aos projetos científicos em curso na Noruega?
Que segredos escondem as profecias Maias e o I Ching?
O que será que vai acontecer a 22 de Dezembro de 2012?
Que futuro ditará a nova era?

Antes de se lançar na escrita deste livro, Maria Antonieta Costa realizou várias pesquisas em diversas fontes documentais, nomeadamente sobre a sétima profecia Maia (cuja interpretação tem causado alguma controvérsia entre cientistas, astrónomos e historiadores por defender que o nosso planeta atingiria o fim de um ciclo em 22 de Dezembro de 2012) e o I Ching. O I Ching, ou Livro das Mudanças, é um dos livros mais antigos do mundo e um dos clássicos chineses mais lidos. Na China, tanto é utilizado como oráculo divinatório como livro de sabedoria, estudado por religiosos, eruditos e praticantes da filosofia de vida taoista.

Mas há mais, a autora procurou também conhecer o Silo Global de Sementes, na Noruega, visto como a tábua de salvação do planeta no caso de uma guerra nuclear ou um desastre climático global. É aí que decorre grande parte da história. 

Frederic Fitzhugh II, casado, especialista em genética alimentar, ao trocar um emprego estável em Washington por uma colocação muito bem remunerada no Global Seed Vault (Silo Global de Sementes), localizado no arquipélago norueguês de Svalbard, envolve-se com uma comunidade que, de acordo com a arte divinatória de I Ching, confirma que na data apontada pelos Maias o planeta sofrerá uma catástrofe. 

Fitzhugh inicia este percurso com ceticismo. Mas a dúvida surge quando enfrenta os seus demónios e se responsabiliza não apenas pela sua quota-parte na destruição do planeta, mas também pela terrível sorte de quem o acompanhou naquela aventura.