Vida de Sombras

de

14,50€ 13,05€*

Um olhar honesto e despido de preconceitos sobre relações intensas e a vida familiar. Autora venceu o National Book Critics Circle Award e foi finalista do Prémio Pulitzer.


PORTES: GRÁTIS DISPONIBILIDADE: Em Stock DESCONTO IMEDIATO DE 10% * DESCONTO VÁLIDO PARA O DIA 26/05/2019 Sobre preços e promoções consulte as nossas Condições Gerais de Venda.
ISBN: 9789897240072 Edição ou reimpressão: Abril de 2012 Páginas: 232 Dimensões: 23.50 x 16.00 x 1.00 cm Peso: 400 Categoria: Temática:

«Agora tenho dois diários. O primeiro é a agenda vermelha de capa dura, igual às que tenho usado desde 1994, quando nasceu o Florian. Foste tu que me deste a primeira para eu registar o primeiro ano como mãe. Foi um gesto querido. Desde então, nunca mais deixei de escrever nestas agendas. (…) O segundo diário, a que poderíamos chamar o meu verdadeiro diário, é aquele em que estou a escrever neste preciso momento.» 

Vida de Sombras revela o lado mais sombrio de uma relação amorosa através da história de uma mulher que decide manipular o marido, ciumento e controlador, usando um diário ficcionado. Escrito por uma das mais talentosas escritoras da atualidade, o livro foca a natureza complexa do amor, as ténues fronteiras da identidade e a anatomia da luta de uma família pela sobrevivência. 



«Uma pequena obra-prima da ficção.» Kirkus Reviews

«Poucos escritores escrevem com tanta ternura lírica e um poder que roça a magia.» Wall Street Journal

«Uma obra-prima. Uma narrativa envolvente, requintada, centrada, impressionante.» Washington Post

«O retrato de um casamento icónico à beira da dissolução… de uma lucidez inquietante.» New York Times Book Review

«É difícil deixar de ler este livro… Vai crescendo de intensidade culminando num final espetacular e imprevisível. Erdrich transformou a tragédia em arte.» Philadelphia Inquirer

«Claro, rápido e profundo. Esta obra representa o milagre literário: leva o leitor a suspirar pelo final e, ao mesmo tempo, a lamentar-se que esse momento esteja cada vez mais próximo.» San Francisco Chronicle

«Um retrato impressionante de um casamento em risco.» Vogue