O Artista, o Filósofo e o Guerreiro

de

18,90€ 17,01€*

Da Vinci, Maquiavel e Bórgia e o mundo que eles criaram. A história de um encontro que marcou a Europa. 


PORTES: GRÁTIS DISPONIBILIDADE: Em Stock DESCONTO IMEDIATO DE 10% * DESCONTO VÁLIDO PARA O DIA 07/12/2019 Sobre preços e promoções consulte as nossas Condições Gerais de Venda.
ISBN: 9789897240102 Edição ou reimpressão: Maio de 2012 Páginas: 440 Dimensões: 23.50 x 16.00 x 1.00 cm Peso: 300 Categoria: Temática:

O que aconteceu no verão de 1502 em Itália haveria de marcar a História europeia e influenciar a construção do mundo moderno. Da Vinci, Maquiavel e Bórgia ainda não sabiam mas a viagem conjunta que empreenderam através de montanhas, aldeias isoladas e cidades nas colinas da Romagna italiana haveria de desencadear uma sucessão de encontros marcantes. São eles os protagonistas do livro de Paul Starthern O Artista, o Filósofo e o Guerreiro.

Por esta altura, a Itália estava assolada por conflitos, sendo a cidade de Florença o prémio que todos ambicionavam. Bórgia era conhecido pela sua brutalidade e estava marcado pela suspeição de incesto. Da Vinci era o exemplo do homem renascentista, um verdadeiro génio. Maquiavel, o infame autor de O Príncipe, havia-se tornado um notável político e hábil negociador. O que teria levado Da Vinci a colaborar com o tirano Bórgia? E o que o seduziu em Maquiavel?

O prestigiado autor Paul Strathern foca-se na improvável colisão entre estas três grandes figuras e, conjugando as forças mais fortes do período — a guerra, a política e a arte —, apresenta um quadro histórico vivo e rigoroso do Renascimento italiano.

Dividido em quatro partes, O Artista, o Filósofo e o Guerreiro começa por apresentar os três protagonistas e revelar um pouco da vida de cada um deles até àquele verão de 1502. Na segunda parte, o leitor entra no segundo semestre daquele ano e acompanha  a viagem dos três pela Romagna, para assistir depois ao seu declíncio de Bórgia e à ascensão de Maquiavel (terceira parte). A última parte engloba os anos de 1504 a 1527: a fase final das vidas de Da Vinci, Maquiavel e Bórgia, num novo cenário político.



LIVRO HISTÓRICO DO ANO 
The Washington Post

«Um estudo rigoroso e erudito, e no entanto de leitura agradável, sobre a convergência de três das maiores figuras do Renascimento. Acessível e impressionante.» Kirkus Reviews

«Usando o seu olhar de romancista e o exame atento de um historiador, Strathern desperta o nosso interesse profundo por estas figuras complexas.» The Washington Post Book World

«Os livros de Paul Strathern são bem escritos, claros e informativos.» The New York Times

«A pesquisa de Strathern é impressionante, e combina a análise detalhada com o retrato vivo do Renascimento.» The Observer

«Não é fácil interligar as vidas de três protagonistas tão fortes, mas Strathern consegue-o com realismo e inteligência. Este livro é um verdadeiro triunfo.» The Sunday Telegraph

«Um estudo engenhosamente trabalhado sobre um momento crucial da história, cultura e pensamento da Europa.»  The Daily Telegraph