Quando Acontecem Coisas Más às Pessoas Boas

de

15,00€ 13,50€*

Um clássico que tocou os corações de milhões de pessoas. Um livro fundamental para todos os que precisam de lutar contra o sofrimento. 


PORTES: GRÁTIS DISPONIBILIDADE: Em Stock DESCONTO IMEDIATO DE 10% * DESCONTO VÁLIDO PARA O DIA 22/09/2019 Sobre preços e promoções consulte as nossas Condições Gerais de Venda.
ISBN: 9789897244865 Edição ou reimpressão: Setembro de 2019 Páginas: 184 Dimensões: 23.50 x 15.50 x 0.00 cm Peso: 300 Categoria: Temática:

Este é um livro para todos os que desejam acreditar na bondade e justiça divinas, mas não conseguem conciliar tal crença com a dor infligida ao ser humano. Uma obra que transmite uma grande paz de espírito e nos consola nos momentos mais tristes.

Quando soube que o filho de três anos foi iria morrer no início da adolescência de uma doença rara, Harold Kushner confrontou-se com uma das questões mais difíceis da vida: porque é que acontecem coisas más às pessoas inocentes?

Alguns anos depois, escreveu este livro, uma abordagem inesquecível sobre as dúvidas e os anseios que sentimos quando somos atingidos pela tragédia. Kushner partilha a sua sabedoria enquanto rabi, pai, leitor e ser humano. Um livro profundamente empático e comovente. 

Todos sentimos, mais cedo ou mais tarde, que a vida não é justa. Kushner, um homem de fé, recorreu à Bíblia, mais concretamente ao Livro de Job, para encontrar resposta às dolorosas perguntas com que se debateu ao saber que o filho, Aaron, iria morrer no início da adolescência. 

Com sensibilidade e sem amargura, Kushner reflete sobre Deus e a fé, a dor e a tristeza, e como podemos reaprender a viver sem aqueles que amamos. 

Quis escrever um livro que pudesse servir às pessoas que foram magoadas pela vida — por morte, doença, rejeição ou desilusão — mas que sabem, no fundo de si mesmas, que, a haver justiça no mundo, mereceriam melhor sorte. Que poderá significar Deus para essas pessoas? Onde poderão elas ir buscar força e esperança? Se você é uma dessas pessoas, se quer acreditar na bondade e na justiça de Deus mas é difícil por causa das coisas que lhe aconteceram a si e às pessoas que lhe são mais queridas, e se este livro o ajudar a fazê-lo, então terei conseguido retirar algo de bom do sofrimento e das lágrimas do Aaron.


«Este livro aborda, de forma comovente e humana, a dificuldade em compreender as tempestades da vida. Levanta muitas questões que vão desafiar a nossa inteligência e que testam a nossa fé no que diz respeito à morte e à vida.»
Elizabeth Kubler-Ross, psiquiatra